Banda de Música de Belinho

Escola CEFORM

A referência mais antiga que se conhece relativa á Banda Marcial de Belinho encontra-se no jornal “O Povo Esposendense”, de 5 de Junho de 1896. Depois há notícia de que em Março de 1910, em Esposende, na quadra Pascal, numa quarta-feira Santa, acompanhava a procissão do Senhor aos Entrevados e aos presos da cadeia.

 

Com Efeito, a história desta Banda está de certa forma interligada com a história das Cerimónias da Semana Santa de Esposende, visto que as famosas Marchas Fúnebres, que ainda ouvimos nos nossos dias, praticamente só eram tocadas nessa cidade nessas cerimónias Pascais.

 

Muita da história desta Banda ainda está por fazer. Contudo, os músicos mais idosos de Belinho ainda contam histórias alegres dos tempos em que calcorreavam a pé os caminhos e atalhos para as romarias tratadas nos concelhos limítrofes de Viana do Castelo e Ponte de Lima. Note-se que a maioria desses músicos levava uma vida árdua pois a Banda era composta na sua maioria por pedreiros e alguns agricultores.

 

Esta Banda também teve altos e baixos. Numa altura de crise, por volta de 1922, houve uma dissidência que deu origem à Banda de Antas, na freguesia vizinha. De 1952 a 1969 esteve associada aos Bombeiros de Fão, chegando a ter o nome de Banda dos Bombeiros Voluntários de Fão.

 

Por volta de 1986 desagregou-se. Retomou a sua actividade em Agosto de 2000. A partir daí retomou a sua participação nas festividades e romarias por várias localidades do norte do país, inicialmente regida pelo Maestro Fernando Marques e a partir de 2006 pelo Maestro Joaquim Fernandes.

 

Em termos organizativos depende da associação CEFORM – Centro de Formação Musical de Belinho – institucionalizada em 2003. É na escola de formação musical desta associação que se formam a maioria dos músicos desta Banda. Já actuou em directo num programa televisivo da RTP (Portugal no coração), emitido dos estúdios do Porto e já se deslocou a Corbeil-Essones, França, no âmbito da geminação de Belinho com essa localidade francesa.

 

Desde 2007 tem vindo a organizar o Festival de Bandas de Música, único no concelho de Esposende. Também em Dezembro desse ano, a Direcção dos Bombeiros Voluntários de Fão e a Direcção do Centro de Formação Musical acertaram os termos de um protocolo de colaboração e intercâmbio.

 

Atualmente é dirigida pelo Maestro Bruno Santos.

 

A atual Direção é composta pelos seguintes elementos:

Presidente - Manuel Fernando Lima Torres

Vice-Presidente - Armando Lima Torres

Secretário - José Cepa Laranjeira

Tesoureiro -  José Calçada

Vogal - Adelino Rites Almeida

 

voltar ao topo
zuka